PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Queiroga não responde sobre recusa à Pfizer em 2020 e anuncia novas doses

06/05/2021 15h04

Em depoimento à CPI da Covid nesta quinta-feira (6), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que não pode falar "sobre um contrato que foi firmado numa gestão anterior", ao ser questionado sobre a demora na aquisição de vacinas da Pfizer contra a Covid-19. O ministro aproveitou para anunciar que deve ser fechado em breve um contrato para novas doses da vacina contra a Covid produzida pela farmacêutica.

Em agosto do ano passado, a farmacêutica ofereceu ao governo brasileiro a possibilidade de comprar um lote de 70 milhões de doses, com entrega prevista a partir de dezembro de 2020. Segundo a própria empresa, houve uma série de tratativas, sem sucesso, para o fornecimento do imunizante ao Brasil. À época, Eduardo Pazuello era o ministro da Saúde.(...) Leia íntegra no G1.