PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Vacina: Posição do Brasil sobre quebra de patente não mudou, diz chanceler

06/05/2021 15h22

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto de Franco França, disse nesta quinta-feira, 6, que o governo brasileiro não mudou de posição sobre a proposta de quebra de patentes de vacinas contra a covid-19 na Organização Mundial do Comércio (OMC). França afirmou aos parlamentares que, pelo menos por enquanto, o Brasil ainda é mais favorável a uma "terceira via", encabeçada por Chile e Canadá.

"A posição do governo não mudou", disse França, durante audiência na sessão na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado. O ministro argumentou que o Brasil poderá ter mais ganho nessa área por meio de uma terceira via. O chanceler também comentou que até então a proposta de quebra de patentes não tinha adesão de membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). (...) Leia íntegra no Estadão.