PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Data Favela: almoço do Dia das Mães vira fome em 95% dos lares em favelas

07/05/2021 20h19

O almoço com a mãe no segundo domingo de maio, dia dedicado a elas, será muito menos feliz em 2021, especialmente para mulheres que vivem em áreas de favelas. Se considerando a população brasileira como um todo, a realidade da pandemia já trouxe algum nível de insegurança alimentar ou fome propriamente dita a 125 milhões de brasileiros (60% da população), a situação é muito mais dramática quando observamos de perto as famílias que já eram pobres antes da chegada do vírus, como aponta uma pesquisa conduzida pelo Grupo de Pesquisa Alimento para Justiça.

Dados levantados pelo Data Favela, em parceria com o Instituto Locomotiva e a Central Única de Favelas (Cufa), mostram um dia das mães sem motivos para comemorar e marcado pela fome. A pesquisa que ouviu 1.871 mães moradoras de 351 favelas de todo o Brasil 1º e 4 de maio aponta que 95% das mães de favelas terão dificuldade para fazer o almoço de comemoração. A margem de erro é de 2,3 pontos percentuais. (...) Leia íntegra no UOL.