PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Cresce 72% desligamento por morte de trabalhador com carteira

14/05/2021 15h45

O número de desligamentos profissionais por morte no Brasil cresceu 71,6%, passando de 13,2 mil para 22,6 mil contratos, entre o primeiro trimestre do ano passado e o mesmo período deste ano, segundo levantamento do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

Embora os dados não permitam identificar a causa dos óbitos, o aumento indica a dimensão do impacto da pandemia do novo coronavírus no país no mercado de trabalho formal. (...) Leia íntegra na Folha.