PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Ocupação irregular da Amazônia Legal cresceu 56% no governo Bolsonaro

17/05/2021 15h33

Ao final de 2020, eram 10,6 milhões hectares de terras ocupadas irregularmente - uma área maior que todo o estado de Pernambuco, tudo isso dentro de áreas do governo federal (unidades de conservação, áreas de proteção ambiental e terras indígenas)

Nos dois primeiros anos do governo Jair Bolsonaro a ocupação irregular de áreas da Amazônia Legal cresceu 56%. É o que mostra um levantamento feito pelo Instituto Socioambiental (ISA). (...) Leia íntegra no G1.