PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Candidatos à sucessão de Aras defendem quarentena pós-PGR

11/06/2021 18h12

Em debate com repetidas menções à necessidade de assegurar a independência do Ministério Público, candidatos à sucessão na Procuradoria-Geral da República sugeriram a criação de uma quarentena que proíba chefes do órgão de ocuparem cargos como o de ministro do Supremo Tribunal Federal logo após o mandato.

Também defenderam medidas como a instituição de um mandato único ao posto, sem recondução, e a possibilidade de revisão de pedidos de arquivamentos de investigações pelo Conselho Superior do Ministério Público Federal. (...) Leia íntegra na Folha.