PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Câmara e Senado costuram acordo para acelerar aprovação de MP da Eletrobras

15/06/2021 14h21

A um dia da votação da medida provisória que abre caminho para a privatização da Eletrobras, Câmara e Senado articulam um acordo para que a proposta seja aprovada até 22 de junho e não perca a validade.

Em entrevista a grupo de jornalistas na manhã desta terça-feira (15), o relator da matéria, senador Marcos Rogério (DEM-RO), afirmou que não tem a intenção "de fazer modificação que apresente ruptura com os pontos acrescidos pela Câmara". (...) Leia íntegra na Folha.