PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Planalto corta recursos em retaliação a senadores do AM na CPI da Covid

16/06/2021 12h33

O governo federal tem cortado recursos de emendas parlamentares encaminhadas aos municípios do Amazonas ligados aos senadores amazonenses da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD), presidente do colegiado, e Eduardo Braga (MDB). Um documento obtido pelo UOL mostra que pelo menos R$ 160 milhões que beneficiariam municípios sob influência dos parlamentares deixaram de ser enviados.

Segundo os senadores, os cortes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ocorrem como retaliação à atuação deles na comissão parlamentar de inquérito, que na quinta-feira (10) quebrou os sigilos bancários de empresas e pessoas ligadas ao governo, entre eles o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. (...) Leia íntegra no UOL.