PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Barroso: Bolsonaro tem 'dever cívico' de provar que houve fraude em 2018

17/06/2021 13h30

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso, voltou a declarar que o voto impresso irá criar um risco que não existe ao sistema eleitoral brasileiro. De acordo com Barroso, nunca houve fraude eleitoral em urnas eletrônicas, ainda que a tese seja defendida pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Para o ministro, diante das acusações sobre supostas fraudes eleitorais em 2018 ditas por Bolsonaro, é "dever cívico" de Bolsonaro apresentar provas. (...) Leia íntegra no UOL.