Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


Não há surto de meningite no interior de São Paulo

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

28/12/2018 04h00

Uma mensagem que circula pelas redes sociais alerta para um "surto de meningite viral", doença que pode levar à morte, em Olímpia, cidade turística do interior de São Paulo, a cerca de 440 km da capital.

"Avisem para não ir [a Olímpia], está tendo surto viral de meningite! Já faleceram 3 crianças e 4 estão internadas", avisa a mensagem. "Fica o alerta!"

FALSO: não há surto de meningite em Olímpia (SP)

A notícia é falsa. Neste momento, o estado de São Paulo não registra nenhum foco de surto da doença.

Ao UOL, a Prefeitura de Olímpia afirmou que não há surto de meningite no município e que houve apenas duas mortes causadas pela doença ao longo de 2018 - a última delas no dia 6 de dezembro. No entanto, os pacientes não tinham relação entre si.

"O surto ocorre apenas quando os casos da doença são registrados num mesmo espaço, o que não aconteceu no município, uma vez que os dois pacientes que vieram a óbito, ao longo deste ano, não possuíam qualquer vínculo de bairro, escola, idade, além de que os falecimentos não ocorreram no mesmo mês", declarou a administração, por meio de nota.

Segundo o órgão, não foi registrado nenhum caso da doença na cidade na última semana. 

"A [Secretaria Municipal de] Saúde volta a reforçar que não há motivos para pânico e que a cidade está preparada para atender a população e os visitantes", disse a prefeitura.

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo confirmou a informação. "É importante salientar que neste momento não há evidência de nenhuma anormalidade no cenário epidemiológico da doença", afirmou o órgão, por meio de nota enviada ao UOL.

Segundo o Centro de Vigilância Epidemiológica, até 6 de dezembro, foram registrados 5,8 mil casos e 359 mortes pela doença considerando-se todas as suas etiologias (bacteriana, viral e outras não especificadas). Os dados indicam uma queda em relação a 2017, que teve, ao todo, 6,3 mil casos e 509 mortes no estado.

"Em caso de surtos localizados, sempre que necessário, as vigilâncias epidemiológicas são acionadas para agir imediatamente na investigação dos casos e providenciar a vacinação de grupos específicos com o objetivo de conter efetivamente a transmissão", informou a secretaria.

Boletim de ocorrência contra notícias falsas

Já a Prefeitura de Olímpia informou ter registrado um boletim de ocorrência com o intuito de abrir um inquérito para averiguar a origem da disseminação das notícias falsas.

"O município solicita a colaboração da sociedade para não compartilhar informações inverídicas e de alarmismo e acrescenta que algumas medidas anunciadas foram adotadas, por precaução, atendendo pedido dos próprios moradores como forma de tranquilizar a população", disse a administração.

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber

Mais UOL Confere