Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


Cidade de MG não vai cancelar Carnaval para doar dinheiro a Brumadinho

Arte UOL/Reuters
Imagem: Arte UOL/Reuters

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

01/02/2019 17h03

Uma mensagem divulga nas redes sociais uma medida polêmica tomada pela prefeitura de uma cidade do interior mineiro para ajudar as vítimas da tragédia em Brumadinho

Prefeito de Rio Piracicaba cancela o Carnaval e doa o dinheiro para Brumadinho

A cidade, a cerca de 180 km de Brumadinho, é administrada por Antônio Cota (DEM).

FALSO: Rio Piracicaba (MG) não transferirá dinheiro a Brumadinho

A informação é falsa. A Prefeitura de Rio Piracicaba não irá doar o dinheiro do Carnaval para Brumadinho.

Ao UOL, a administração da cidade desmentiu a mensagem divulgada na internet. A prefeitura explica que a suposta transferência "nem poderia ser feita dessa forma".

De acordo com a legislação vigente, a mudança de fundos teria de ser aprovada primeiro pela Câmara Municipal para, depois, ser assinada pelo prefeito.

A prefeitura também negou que haja a intenção de fazer esta transferência.

Campanhas nas redes 

A mensagem falsa pode ter surgido de uma polêmica que tem circulado pelas redes sociais desde o rompimento da barragem, na última sexta-feira (25).

Um grupo de moradores de Minas Gerais tem compartilhado mensagens com pedidos às prefeituras da região metropolitana de Belo Horizonte, onde fica Brumadinho, e o governador Romeu Zema (Novo) para que "cancelem o Carnaval" e transfiram o dinheiro para as famílias atingidas pela tragédia.

Outro grupo de usuários, no entanto, defende que toda a assistência às famílias atingidas deve ser prestada pela Vale, empresa responsável pela barragem em Brumadinho, e não pelos órgãos públicos - que terão de arcar com a reconstrução do espaço público, entre outras medidas.

Até então, nenhuma prefeitura da região nem o governo mineiro divulgou o "cancelamento do Carnaval" para transferir dinheiro para as vítimas da tragédia.

A Vale informa que providenciou cerca de 10.200 itens de farmácia e quase 8.000 litros de água mineral. "A empresa também disponibiliza acomodações para a comunidade atingida. O apoio às vítimas e seus familiares continua sendo a prioridade da empresa", declarou a mineradora, por meio de nota.
 

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

Mais UOL Confere