É falso que primeira-ministra da Itália se recusou a cumprimentar Lula

É falso que a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, tenha se recusado a cumprimentar o presidente Lula em evento do G7. Posts nas redes sociais usam recorte do vídeo que omite cumprimento.

A checagem foi sugerida ao UOL Confere pelo WhatsApp (11) 97684-6049.

O que diz o post

Um vídeo que mostra trecho do momento em que Lula e Meloni se cumprimentam em evento do G7 é compartilhado com a seguinte mensagem: "Primeira ministra da Itália, Giorgia Meloni, se recusa a abraçar o presidente comunista Lula".

Por que é falso

Lula e Giorgia Meloni se cumprimentaram. O brasileira e a italiana trocaram um aperto de mão, dois beijos, um abraço e posaram para fotos. Esta parte é omitida nos posts desinformativos.

Os dois riram na sequência. Em seguida, Lula segura as mãos dela, eles conversam e Giorgia Meloni ri. Este trecho é usado para sugerir que o brasileiro teria tentado abraçar a primeira-ministra e ela teria se recusado. O vídeo na íntegra está disponível no canal do Youtube do evento do G7 Itália (aqui e abaixo).

Presidência critica desinformação. Ao UOL Confere, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência disse que repudia a publicação de boatos políticos falsos. A íntegra da recepção da primeira-ministra italiana a Lula também está disponível no site da agência gov (aqui).

Lula participou da cúpula do G7 como convidado nos dias 14 e 15 de junho (veja aqui e aqui).

Continua após a publicidade

Viralização: Um post no Instagram com o conteúdo desinformativo registrava mais de 5 mil curtidas até esta quarta-feira (19).

Este conteúdo também foi checado por Aos Fatos (aqui), Reuters (aqui) e Lupa (aqui).

Sugestões de checagens podem ser enviadas para o WhatsApp (11) 97684-6049 ou para o email uolconfere@uol.com.br.

5 dicas para você não cair em fake news

Siga UOL Notícias no
UOL Confere

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

Deixe seu comentário

Só para assinantes