UOL Notícias Cotidiano
 

17/07/2008 - 14h34

PMs acusados de matar administrador durante ação não serão indiciados

Da Agência JB*
Os quatro policiais militares acusados de matar na madrugada de segunda-feira (14) o administrador Luis Carlos Soares da Costa, de 36 anos, não serão indiciados. Costa foi refém por um criminoso e morto durante perseguição policial na avenida Brasil, grande avenida do Rio de Janeiro.

O delegado que investiga o caso, José de Moraes Ferreira, da 17ªDP (São Cristóvão), entendeu que os policiais agiram em legítima defesa. O caso foi registardo com latrocínio (roubo seguido de morte) e tentativa de homicídio. O crime foi atribuído ao assaltante, Jefferson dos Santos Leal, 18 anos, que morreu no Hospital Geral de Bonsucesso, nesta quarta-feira.

*com informações da CBN

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h57

    0,09
    3,336
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,84
    61.272,22
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host