UOL Notícias Cotidiano
 

27/11/2009 - 12h16

Em depoimento, Geisy acusa segurança da Uniban de ter apoiado alunos que a hostilizaram

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O que você achou do depoimento da estudante?

A aluna da Uniban (Universidade Bandeirantes) Geisy Arruda, que foi hostilizada pelos colegas dentro da universidade em São Bernardo do Campo (SP) por usar um vestido curto no dia 22 de outubro, prestou depoimento na Delegacia da Mulher na tarde de quinta-feira (26).

Em nota oficial divulgada na manhã desta sexta-feira (27), o advogado da aluna, Nehemias Melo, afirma que o inquérito policial aberto busca identificar os culpados pelos "atos de barbárie acometidos contra ela" e acusa a equipe de seguranças da universidade de ter se juntado aos alunos que a xingavam ao invés de ajudar Geisy.

Na nota consta a explicação da aluna para o ocorrido, registrada em depoimento: "O tumulto já havia se formado quando foi chamada a segurança da universidade. Quando o segurança chegou até a sala de Geisy, ao invés de conter a turma que tentava invadir a sala de aula, dirigiu-se à mesma e a repreendeu aos gritos, 'dando-lhe lição de moral'".

Ainda de acordo com o documento, naquele momento, parte dos amigos de Geisy discutiu com o segurança, defendendo a aluna. De acordo com o advogado, isso contribuiu para que o tumulto aumentasse ainda mais, já que os alunos que xingavam Geisy perceberam que o segurança estava contra a aluna e em favor dos "manifestantes".

O documento reafirma a responsabilidade da Uniban e a falta de preparo da equipe de segurança da instituição.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host