PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Giro UOL traz os destaques da manhã desta sexta, 28/04, para você

Do UOL, em São Paulo

28/04/2017 07h33

  • Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo

    Dia começa com greve geral

    Ônibus, trens e metrô não estão circulando em São Paulo na manhã desta sexta-feira (28). Os serviços foram suspensos por conta da greve geral contra as reformas trabalhista e da Previdência propostas pelo governo de Michel Temer (PMDB). O rodízio municipal está suspenso. No Metrô, apenas a linha 4-Amarela, operada por empresa privada e que liga as estações Luz e Butantã, está funcionando normalmente. Aeroportos de Congonhas e Guarulhos estão em funcionamento mesmo com protesto de manifestantes da Força Sindical e movimentos por moradia em Congonhas. Leia mais

  • Martha Alves/Folhapress

    Bloqueio de avenidas e rodovias

    A avenida Nove de Julho, no centro de São Paulo, foi bloqueada nos dois sentidos após manifestantes incendiarem pneus e interditarem a via próximo do Terminal Bandeira. A polícia está no local e o trânsito foi liberado por volta das 5h30. Por volta das 3h30, a rodovia Helio Smidt, que leva a Cumbica, tinha sido palco de confronto entre manifestantes do MTST e a polícia. Alguns passageiros que estavam a caminho do aeroporto saíram dos carros e foram caminhando pela rodovia. Leia mais

  • Alice Vergueiro/Estadão Conteúdo

    O que acontece se você não for trabalhar?

    Com a adesão de algumas categorias do transporte público à greve geral, o que acontece com quem chega atrasado ao trabalho por falta ou por causa da paralisação? Pela lei, o patrão pode sim descontar o dia do salário dos trabalhadores. Para especialistas em direito trabalhista, se ocorrer o desconto, a decisão muito provavelmente vai ser revertida pela Justiça. Só que a falta não pode ser razão de demissão por justa causa ou até mesmo advertência. Leia mais

  • Peter Leone/Estadão Conteúdo

    Siga ao vivo as notícias sobre a greve

    A greve geral desta sexta-feira contra as reformas do governo está prevista para ocorrer em diversas capitais pelo país. A paralisação dos serviços afeta principalmente o transporte público e o trânsito. Tem dúvidas sobre como pagar suas contas ou sobre se é possível cancelar passagem aérea? O UOL traz a cobertura ao vivo das principais notícias sobre a greve pelo país, minuto a minuto. Leia mais

  • Hanrrikson Andrade/UOL

    Quais os motivos da greve?

    Você sabe o que as centrais sindicais e os movimentos sociais estão reivindicando com a greve geral que acontece hoje no país? A paralisação é contra a reforma da Previdência e trabalhista propostas pelo governo Michel Temer. Esses projetos vão alterar leis que estão na CLT e mudar as regras da aposentadoria. Para estes grupos, essas mudanças podem ser feitas sem a consulta da população, que será diretamente afeta por isso. Procurada, a Secretaria de Comunicação da Presidência não quis se pronunciar sobre o assunto. Leia mais

  • iStock/RyanJLane

    Acerto de contas com o Leão

    Hoje é o último dia para a declaração do Imposto de Renda 2017. A entrega pode ser feita até as 23h59min59seg desta sexta-feira (28). Quem deixou para a última hora pode ter problemas devido ao congestionamento do programa da Receita Federal. Para não pagar a multa pelo atraso, uma alternativa é entregar a declaração com dados faltando e depois retificar o mais rápido possível. Leia mais

  • Mor

    Charges da semana

    Já viu o resumo das notícias da semana por meio de charges? Reformas trabalhista e da Previdência, a expectativa pela presença de Lula nos depoimentos da Lava Jato, cara a cara com o juiz Sergio Moro, e a greve geral foram destaques. Veja mais! Leia mais

  • Alan Marques - 8.dez.2016/ Folhapress

    Não será aprovada no Senado

    O senador Renan Calheiros (PMDB) disse que a reforma trabalhista não será aprovada pelos senadores como passou pela Câmara dos Deputados. Para o senador, o texto rebaixa os salários e pretende deixar o trabalhador sem defesa, condenado a acordos que "reduzem a remuneração, suprimem reajustes e revogam garantias no emprego. Leia mais

  • Folhapress

    Salários mais altos

    O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu mudar o entendimento sobre a incidência do teto salarial para servidores que podem acumular cargos efetivos. De acordo com decisão, o cálculo do teto vale para cada salário isoladamente, e não sobre a soma das remunerações. Na prática, os servidores poderão ganhar mais que R$ 33,7 mil, valor dos salários dos ministros do Supremo. Leia mais

  • Cleber Yamaguchi/AGIF

    Clássico online

    As diretorias do Atlético-PR e do Coritiba confirmaram que irão transmitir de forma gratuita os jogos finais do Campeonato Paranaense através das redes sociais dos clubes no YouTube e no Facebook. O primeiro jogo acontece neste domingo, às 16h, na Arena da Baixada. Leia mais

  • REUTERS/Edison Vara

    Brasileiros na Libertadores

    O Grêmio fez a lição de casa e venceu bem na Libertadores. O time gaúcho goleou o Guarani-PAR por 4 a 1 com três gols do atacante Barrios e um do zagueiro Geromel. Com o resultado, o Grêmio chega aos 10 pontos e lidera o grupo 8. Já a Chapecoense se complicou no torneio ao ser derrotada por 3 a 0 pelo Nacional, no Uruguai. O time catarinense continua com quatro pontos e é apenas o terceiro colocado no grupo 7. Leia mais

  • Ueslei Marcelino/Reuters

    Por que não eu?

    A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) disse querer ter no TSE o mesmo tratamento dado pelo STF ao senador Aécio Neves (PSDB-MG). A defesa da petista citou a recente decisão do ministro Gilmar Mendes, do STF, de suspender o interrogatório de Aécio na ação em que se investiga corrupção em Furnas. Leia mais

Cotidiano