PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Giro UOL traz os destaques da noite desta quinta, 25/05, para você

Do UOL, em São Paulo

25/05/2017 18h16

  • Eugenio Novaes/OAB

    OAB pede impeachment

    A OAB protocolou nesta quinta-feira o pedido de impeachment de Michel Temer na Câmara dos Deputados. A organização acusa o presidente de "prevaricação", o que caracterizaria crime de responsabilidade. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, avisou que não pretende acatar as solicitações de impeachment, que agora somam 13. Leia mais

  • Pedro Ladeira/Folhapress

    Absolvida

    Cláudia Cruz, mulher de Eduardo Cunha, foi absolvida por Sergio Moro pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas. O juiz alega falta de provas para "comprovar o dolo" praticado por ela. Na mesma ação, Moro condenou o ex-diretor da Petrobras Jorge Luiz Zelada por corrupção passiva. Leia mais

  • Agência Brasil

    Contra a parede

    Após críticas da oposição, da base aliada e de integrantes do Judiciário, o presidente da República, Michel Temer (PMDB), recuou e decidiu revogar o decreto de quarta-feira que autorizava a presença de tropas das Forças Armadas para fazer a segurança de prédios públicos na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Leia mais

  • Divulgação

    Caros além da conta

    Não é novidade que os preços dos carros subiram muito nos últimos anos. As fabricantes culpam a inflação, o fim dos subsídios do governo e o dólar como alguns dos motivos da alta. O UOL Carros montou uma lista com dez veículos que encareceram além da conta. É o caso do Golf GTI, que não sai por menos de R$ 132.250. Quer ver mais? Clique aqui. Leia mais

  • Yasuyoshi Chiba/AFP

    Mercado financeiro

    A Bovespa fechou praticamente estável nesta quinta-feira, com queda de 0,05%, para 63.226,79 pontos. As ações da JBS saltaram 22,54% e tiveram a maior alta da Bolsa. No mercado de câmbio, o dólar teve valorização de 0,12%, cotado em R$ 3,283. Leia mais

  • Dida Sampaio/ Agência Estado

    MP do FGTS

    O Senado aprovou rapidamente, nesta quinta-feira (25), a Medida Provisória que libera o saque das contas inativas do FGTS e aumenta a remuneração das contas do fundo. A medida precisava ser aprovada pelo Congresso até 1º de junho ou os trabalhadores nascidos entre setembro e dezembro teriam o saque ameaçado. Agora, a MP segue para sanção de Michel Temer. Leia mais

  • Bruno Santos/ Folhapress

    Está quitado

    O deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-RR) comunicou que depositou os R$ 35 mil restantes da mala com R$ 500 mil supostamente oriundos de propina da JBS. Os advogados do deputado informaram ao ministro do STF Edson Fachin que o depósito foi feito ontem. Leia mais

  • Bruno Santos/ Folhapress

    Dispersão

    A Guarda Civil Metropolitana (GCM) identificou 22 pontos que reúnem usuários de drogas no centro de São Paulo após a operação policial realizada no domingo. Os dependentes se espalharam para as regiões da Santa Ifigênia, Santa Cecília e outros locais da Luz. A principal concentração ocorre na Praça Princesa Isabel. Leia mais

  • Shutterstock

    Fuga no RN

    O sistema prisional do Rio Grande do Norte registrou a maior fuga de sua história na madrugada desta quinta-feira. Um túnel de 30 metros de extensão serviu para a fuga de 91 presos da Penitenciária Estadual de Parnamirim, localizada na região metropolitana de Natal. Nove fugitivos foram recapturados. Leia mais

  • Ueslei Marcelino/Reuters

    Direitos e deveres do migrante

    O presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a Lei de Migração, que define direitos e deveres do migrante e regula a entrada e a estada de estrangeiros no Brasil. Dentre os vetos, o presidente retirou da lei algumas mudanças que estavam causando grande polêmica, como dispositivos que concediam ao imigrante direitos equivalentes aos do cidadão brasileiro. Leia mais

  • Rafael Andrade/Folha Imagem

    Teixeira na mira

    Uma investigação do Ministério Público da Espanha aponta que o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira recebeu R$ 28 milhões em propinas por amistosos da seleção brasileira. Além disso, Teixeira teria um cartão de crédito VIP e esquemas para driblar o FBI para viajar ao exterior. Sandro Rossel, ex-presidente do Barcelona, também estaria envolvido. O MP da Espanha classifica a relação entre os dois como uma "organização criminosa". Leia mais

  • Divulgação

    Música em xeque

    Sem patrocínio pela primeira vez desde 1988, o Prêmio da Música Brasileira resolveu apelar ao público e aos artistas amigos para fazer a cerimônia deste ano. A festa acontece no dia 19 de julho e, para bancar ao menos parte dela, metade dos 1.800 lugares serão ofertados ao público, com preços ainda não definidos. A premiação terá Ney Matogrosso como homenageado. Leia mais

Cotidiano