Polícia busca seqüestradores de turistas no Complexo do Alemão (RJ)

Da Agência JB

A Polícia Civil faz uma operação na manhã desta terça-feira para ocupar o Complexo do Alemão, no subúrbio. O objetivo é prender os seqüestradores de três chineses e um vietnamita, ocorrido no sábado, na Estrada das Paineiras. O grupo foi levado para um cativeiro na favela da Carobinha, na Vila Cruzeiro. Todos conseguiram fugir no domingo.

Este é o segundo dia de ocupação da Vila Cruzeiro. Na tarde desta segunda-feira, policiais do 16º BPM (Olaria), do Batalhão de Choque (BPChoque) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) fizeram uma incursão na favela. Houve intenso tiroteio.

Um Posto de Comando Móvel foi montado em um dos acessos à favela para dar apoio a operação.

A motivação do seqüestro dos turistas ainda não foi esclarecida. Segundo o delegado titular da Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat), Fernando Veloso, os seqüestradores já foram identificados. O delegado acrescentou que o levantamento sobre os suspeitos e as provas do crime estão sendo colhidos junto a outras delegacias especializadas, e centralizadas na Deat. Veloso disse que o alvo eram os chineses e investiga a contratação irregular de trabalhadores estrangeiros.

Na semana passada, o Ministério Público do Trabalho (MPT) entrou com ação civil pública e contestou a contratação de chineses e pediu a antecipação de tutela. O MPT também requereu condenação de R$ 40 milhões por danos morais coletivos. Cerca de 120 chineses teriam sido encontrados em situação irregular.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos