Homem atira em ex-mulher e gerente de loja no centro de Pelotas (RS)

Da Redação*
Em São Paulo

A Brigada Militar prendeu João Roberto de Sá Britto, 63 anos, suspeito de atirar contra a ex-mulher, a balconista Ana Cláudia Tavares Esposito, e o gerente da loja onde ela trabalhava, Gilson Jesus da Fonseca, que tentou ajudá-la. O tiroteio, no centro de Pelotas (RS), provocou correria e Britto fugiu de táxi. Ana Cláudia e Fonseca foram encaminhados ao hospital em estado grave.

Britto foi preso em flagrante no bairro Simões Lopes. Ele estava sendo perseguido por pessoas da comunidade quando a Brigada Militar chegou ao local. Minutos antes, ele baleou uma terceira pessoa: o comerciário Marcos César Leivas Moreira, que trabalhava em um atacado de materiais de construção. Moreira também foi encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro.

* As informações são do "Zero Hora Online".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos