Segurança Pública: "Divulgar estatística é obrigação nº 1 no combate ao crime", diz diretor do Instituto Sou da Paz

Da Redação
Em São Paulo

Enquanto crimes como o roubo e o latrocínio aumentaram no primeiro semestre deste ano no Estado de São Paulo, o número de homicídios manteve a tendência de queda verificada desde 1999, quando o Estado mais rico do país registrou o índice assustador de 12.800 assassinatos.

Nos seis primeiros meses de 2008, foram 2.183 homicídios, uma redução de 13% em relação a igual período de 2007, ano em que o Estado registrou 4.800 assassinatos, segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

É para discutir este assunto que especialistas em segurança pública e representantes da sociedade civil se reúnem nesta quinta-feira (21) em um seminário, em São Paulo.

Denis Mizne, diretor do Instituto Sou da Paz, que participa do debate, afirmou, em entrevista ao UOL, que a divulgação de dados sobre criminalidade deveria ser a "obrigação número um" dos governantes no combate ao crime. Veja a íntegra da entrevista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos