Estado e União têm 45 dias para planejar novo banco de olhos no Rio

Da Redação
Em São Paulo

A pedido do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro, a Justiça determinou nesta quinta-feira (28)um prazo de 45 dias para que a União e o governo do Rio de Janeiro elaborem um projeto de banco de olhos em algum hospital público do Estado, sob multa diária de 50 mil reais a partir do fim do prazo determinado.

Estado e União deverão apontar um hospital para receber o banco de olhos e determinar o tempo necessário para sua implantação. Segundo o MPF, há pelo menos dois hospitais públicos aptos para a captação de córneas: o Hospital Geral de Bonsucesso e o Hospital dos Servidores do Estado, com o maior serviço de oftalmologia no Estado.

O único banco de olhos que existia no Rio de Janeiro, no Hospital Geral de Bonsucesso, fechou em 8 de julho. Desde então, a fila de transplantes de córneas ficou prejudicada.

A solução sugerida pelo Sistema Nacional de Transplante foi usar os bancos de olhos de Juiz de Fora (MG) e Sorocaba (SP), mas o MPF decidiu entrar na Justiça por considerar essa opção inviável.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos