Dois suspeitos morrem e uma criança fica ferida durante ação da PM no Rio

Agência JB
No Rio de Janeiro

Policiais do 15º BPM realizaram nesta segunda-feira uma operação na favela Vila Beira-Mar, em Caxias. Dois homens, que segundo a polícia seriam traficantes, foram baleados e de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde já chegaram mortos ao Hospital Geral Adão Pereira Nunes (Saracuruna), em Duque de Caxias.

Os policiais militares apreenderam uma metralhadora e uma pistola.

Marcela Gomes da Silva, de 5 anos, ferida no mesmo horário da operação da polícia foi levada ao hospital com ferimentos na barriga e imediatamente operada. Ela permanece na UTI da unidade.

A Secretaria Estadual de Saúde havia informado, às 12h, que a menina havia sido baleada. Já a polícia informou que Marcela Gomes da Silva foi esfaqueada.

Cerca de três horas depois, a secretaria divulgou nota esclarecendo que o médico que passou a informação de que o ferimento havia sido causado por arma de fogo não havia tido contato direto com a paciente e que a informação inicial era equivocada. Portanto, os ferimentos, considerados graves, foram causados por arma branca.

De acordo com Olivier Borius, coordenador de um projeto sócio-educativo na favela Vila Beira Mar, os moradores desmentem a versão da polícia. Segundo os moradores, a menina foi baleada dentro de casa quando assistia televisão sentada no sofá.

"Os moradores estão revoltados pois a policia tenta de negar a verdade, dizendo que ela foi esfaqueada. Encontramos balas dentro do barraco aonde ela foi baleada, disse Olivier. Um morador que não quis se identificar também confirma que Marcela foi baleada durante a operação da polícia militar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos