Servidores aprovam estado de greve na Fundação Casa

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Os trabalhadores da Fundação Casa, antiga Febem, decidiram durante assembléia realizada na manhã desta quarta-feira (17), entrar em estado de greve a partir de hoje. A categoria, segundo informações da presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente (Sitraemfa), Maria Gusmão Pereira, reivindica um reajuste salarial em torno dos 17%.

Os funcionários pedem ainda jornada de 30 horas semanais para os técnicos, revisão do Plano de Cargos e Salários, além de melhores condições de segurança no trabalho. Segundo Maria Gusmão, uma nova assembléia está marcada para o dia 25 de outubro para discutir a greve geral caso as negociações não avancem.

Outro lado
Em nota, a Fundação Casa diz que ainda não tem conhecimento das reivindicações do sindicato e que, quando recebê-la, agendará uma reunião com os representantes do Sitraemfa.

A fundação completa que "nos últimos três anos, concedeu 18% em reajustes. De 2005 a 2007, os reajustes superam todas as medições de inflação do período". A nota menciona ainda que "houve aumento nos valores do vale-refeição e de benefícios, como o auxílio-berçário".

Ainda segundo a instituição, as unidades estão funcionando normalmente.

* Com informações da Agência Estado

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos