PF apreende mais de R$ 100 mil na casa de auditor do Ministério do Trabalho

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Polícia Federal apreendeu nesta segunda-feira (29) mais de R$ 100 mil na casa de um auditor do Ministério do Trabalho durante as buscas da Operação Athena, que visa a combater fraudes trabalhistas no Estado de São Paulo.

Uma quadrilha é suspeita de comandar um esquema de corrupção contra a Delegacia Regional do Trabalho (DRT), que vendia serviços irregulares -- como homologações de rescisões trabalhistas sem a presença de empregados e benefícios em fiscalizações sem lavrar os autos de infração.

As investigações começaram há oito meses, a partir de denúncias recebidas pelo Escritório de Assessoria e Pesquisa Estratégica, órgão ligado diretamente ao Ministério do Trabalho. Entre os suspeitos, estão alguns servidores públicos.

Os agentes da PF cumprem 16 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão temporária em Bauru, interior paulista, Santos, litoral de São Paulo, Santo André, no ABC, e também na capital.

Se indiciados, os presos responderão pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, tráfico de influência, concussão e prevaricação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos