Após chuva forte, São Paulo volta ao estado de observação

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizado às 19h54

A chuva que atingiu São Paulo deixou a cidade em estado de atenção no final da tarde desta quarta-feira (1º), segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). No início da noite, entretanto, a situação melhorou e o município estava em estado de observação às 19h50.
  • Henrique Manreza/Folha Imagem

    O céu da região do Jardins, zona oeste de São Paulo, escureceu mais cedo com as nuvens carregadas que se aproximaram da cidade


De acordo com o CGE, as chuvas mais fortes se concentraram nas proximidades da Marginal Tietê, entre as pontes dos Remédios (zona oeste) e do Limão (zona norte) - com potencial para granizo -, e nos inícios das rodovias Anhanguera (zona oeste) e Bandeirantes (zona oeste). A chuva forte também atingiu a região da Cidade Universitária (Butantã) e do Ceagesp (Jaguaré), ambas na zona oeste.

Às 19h50 ainda restava um ponto de alagamento, localizado na avenida Marquês de São Vicente (zona oeste), no sentido Lapa-Barra Funda, próximo à praça Paschoal Martins.

A massa de chuva que atingiu o extremo sul da zona sul se deslocou para o ABC, sobretudo para São Bernardo do Campo. Ainda segundo o CGE, a chuva deve permanecer até a manhã de quinta-feira, e outros pontos de alagamento na Grande São Paulo não estão descartados.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou quedas de árvores às 16h04 na rua Azevedo Sodré, no Jardim Ângela (zona sul), e às 17h57 na rua Maria Zélia, em Pirituba (zona oeste).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos