Confirmada morte cerebral de menina baleada em bingo de candidato a vereador

Aurelio Nunes
Especial para o UOL
Em Salvador (BA)

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou na manhã desta quinta-feira a morte cerebral de Stephany Silva de Jesus, de 6 anos. Stephany estava internada no Hospital Geral do Estado (HGE) desde o último domingo, quando foi baleada na cabeça, no bairro de Santa Mônica, que fica entre San Martin e o IAPI, uma das regiões mais populosas de Salvador.

O alvo dos disparos era o irmão da vítima, Emerson Xavier dos Santos Filho, 18, que mesmo atingido com dois tiros conseguiu fugir. Os aparelhos que mantêm Stephany respirando continuarão ligados enquanto o HGE aguarda a decisão da família sobre a doação de órgãos.

SE: acidente deixa 5 mortos

Cinco pessoas morreram em um acidente envolvendo um caminhão e um carro na altura do km 107 da BR-235, na região de Carira, em Sergipe, no início da tarde de quarta-feira (2). Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), por volta das 12h de ontem, José Edilson da Silva, que conduzia um Gol, tentou realizar uma ultrapassagem e bateu de frente contra um caminhão que vinha em sentido contrário da pista.

O crime ocorreu por volta do meio-dia, enquanto a família participava de um bingo promovido por um candidato a vereador. Segundo a versão da mãe da vítima, dois homens entraram no Bar do Evandro, na Segunda Travessa Mário Alves, apontando a arma para Emerson, que saiu correndo. A menina, que estava próxima ao irmão, também correu e foi atingida na cabeça.

Ivonete acredita que o crime tenha sido motivado por vingança, por causa de uma briga em que o filho se envolveu no dia anterior, no bairro da Liberdade. Ela apontou um homem de prenome Rogério como um dos autores dos disparos. A ocorrência foi registrada pelo pai de Emerson e Stephany, Joseval de Jesus, na 2ª CP (Lapinha).

Bingo
Familiares da vítima se recusam a dizer o nome do candidato, que organizou o bingo, mas uma pessoa do bairro apontou como o promotor do evento o vereador Orlando Pereira, mais conhecido como Palhinha, que é candidato à reeleição pelo PSB. "Eu não faço esse tipo de coisa, até porque é ilegal. Esse bingo foi promovido pelo candidato Edson da União, do PMN, número 33.000", acusou Palhinha.

Ligado ao Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Salvador, Edson da União também nega participação no evento. "Isso é coisa de um candidato que quer prejudicar o outro. Ele deve estar se sentindo incomodado com a minha candidatura", rebate Edson da União, que concentra sua campanha na mesma região da cidade que Palhinha atua. A mesma região onde ocorreu o assassinato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos