PF prende quadrilha de fraudadores do INSS em Ribeirão Preto (SP)

Da Agência Brasil
Em São Paulo

Cinco pessoas foram presas nesta quarta-feira (8), em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, acusadas de fazer parte de uma quadrilha especializada em fraudes contra o Ministério da Previdência Social. Os criminosos, segundo a Polícia Federal, causaram prejuízos de mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos.

Na operação, denominada '24 de Janeiro', em referência ao Dia do Aposentado, os agentes apreenderam cerca de R$ 40 mil em dinheiro e cheques, além de seis veículos considerados de luxo. As detenções ocorrem em regime de prisão temporária, por pelo menos cinco dias, período em que os acusados prestarão depoimentos.

Parte dos policiais civis voltaram ao trabalho hoje

Pelo menos metade dos policiais civis do Estado de São Paulo voltaram a seus postos de trabalho hoje. A Associação dos Delegados de São Paulo (Adpesp) lidera esse grupo, com proposta de suspensão da greve por 48h para negociar com o governo


De acordo com a Polícia Federal, as investigações foram iniciadas há seis meses. Nesse período, foi descoberta a participação de um servidor do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na fraude. Ele ajudava os fraudadores a conseguir benefícios como auxílio-doença para segurados que não tinham direito ao recebimento porque tinham parado de contribuir.

A quadrilha alicia os doentes, orientando-os a entrar com o pedido do auxílio, o que, era, negado, automaticamente. Por meio de recolhimentos posteriores e da ajuda do servidor do INSS, a situação do segurado entrava para o sistema como se estivesse regularizada. Os criminosos acompanhavam o beneficiário até o banco e ficavam com parte do dinheiro pago, diz a nota da Polícia Federal. Ou ainda: "somente o beneficiário recebia o auxílio e depois repassava à quadrilha uma parte".

Ocorreram casos também em que os próprios fraudadores obtiveram os cartões e, de posse deles, conseguiram receber o pagamento direto nos bancos. A quantia era dividida entre os membros da quadrilha, cabendo ao servidor público a maior parte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos