PMDB oficializa candidatura de Michel Temer à presidência da Câmara

Da Agência Brasil
Em Brasília

O presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer (SP), foi lançado, hoje, oficialmente pela bancada do partido como candidato à presidência da Câmara. Mesmo faltando quatro meses para a escolha do futuro presidente da Casa, o lançamento da candidatura, segundo o próprio Michel Temer, abre caminhos para as conversas e acordos com os demais partidos.

"A candidatura está nos corredores e não havia outra possibilidade senão oficializá-la. A liderança do partido decidiu então fazer logo essa consulta [à bancada] para lançar o meu nome como candidato", disse Temer. Ele informou que a demonstração dada por todo o partido, ao participar do lançamento da candidatura, serviu "exclusivamente para oficializar a candidatura e podermos começar a conversar com os outros partidos".

  • Ueslei Marcelino/Folha Imagem

    Mesmo faltando quatro meses para a escolha do futuro presidente da Casa, o lançamento da candidatura, segundo o próprio Michel Temer, abre caminhos para as conversas e acordos com os demais partidos.

Na solenidade de lançamento da candidatura, diversos deputados destacaram o trabalho de Temer pela unidade do PMDB. A única voz dissonante foi a da deputada Rita Camata (PMDB-ES), que criticou, em discurso, a antecipação do lançamento da candidatura do PMDB.

O líder do PMDB no Senado, Valdir Raupp (RO), afirmou que a prioridade do partido neste momento é a eleição de Temer para a presidência da Câmara. Segundo ele, a discussão sobre a presidência do Senado pode esperar um pouco mais, "porque lá o colégio eleitoral é menor, enquanto que o da Câmara é grande e a campanha tem que começar mais cedo".

Segundo o líder, o PMDB está mais unido do que nunca e a insatisfação da deputada Rita Camata reflete uma posição isolada. "Ela não quis disputar a indicação internamente e não deverá disputar a presidência fora da bancada."

A oficialização da candidatura do presidente do PMDB foi prestigiada por diversos senadores, pela maioria dos ministros do partido no governo, por líderes de diversos partidos e pelo presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos