Presidente Lula cancela missão brasileira ao Equador

Da Agência Brasil
Em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu cancelar a ida ao Equador de uma missão chefiada pelo ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, programada para o próximo dia 15 de outubro. A missão iria discutir temas ligados ao apoio brasileiro a obras de infra-estrutura viária no Equador.
  • Mauricio Lima/AFP

    O presidente Lula aparece ao lado de Rafael Correa durante encontro em Manaus no último dia 30


De acordo com nota do Itamaraty, o cancelamento ocorre "em face dos últimos desdobramentos envolvendo empresas brasileiras naquele país, que contrastam com as expectativas de uma solução favorável quando do recente encontro entre os dois presidentes [Lula e Rafael Correa, do Equador] em Manaus".

A nota informa que, por determinação de Lula, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, instruiu o embaixador do Brasil no Equador a entrar em contato com o chanceler equatoriano para transmitir-lhe a informação.

Ontem (8), o governo equatoriano rejeitou um acordo com a empreiteira brasileira Norberto Odebrecht e decidiu expulsá-la do país. Com a decisão, todos os contratos da construtora no Equador, que somam US$ 650 milhões, estão encerrados.

No último sábado (4), o presidente Rafael Correa demonstrou insatisfação com a atividade de outra empresa brasileira no país, a Petrobras. Correa ameaçou estatizar o Campo 18 da Petrobras naquele país, no qual são produzidos 32 mil barris por dia. O presidente quer que a estatal brasileira renegocie o contrato de exploração.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos