Bancários do Paraná continuam em greve e voltam a se reunir hoje

Da Agência Brasil
Em Brasília

No Paraná, cerca de 16,5 mil bancários dos sindicatos filiados à Fetec/CUT-PR (Federação dos Bancários da Central Única dos Trabalhadores) continuam em greve. A paralisação completa hoje (17), dez dias. A continuidade da greve em Curitiba foi decidida na noite de ontem (16), em assembléia.

Segundo a assessoria do sindicato, os grevistas consideraram absurda a proposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) de dividir a categoria apresentando dois índices: 9% para bancários que ganham menos de R$ 1,5 mil e 7,5% para funcionários que ganham acima desse valor.

A expectativa da categoria é de que a Fenaban apresente uma nova proposta. No final da tarde, às 17h30, haverá nova assembléia, no Espaço Cultural e Esportivo dos Bancários.

De acordo com levantamento do Sindicato dos Bancárias de Curitiba e região, é uma das mais fortes greves já vistas nos bancos públicos, mantendo uma adesão de mais de 90% desde o dia 8 de outubro.

Em Curitiba, estão fechadas 171 agências - 52 do Banco do Brasil, 46 da Caixa Econômica Federal e 73 agências de bancos privados, além de 11 centros administrativos. A adesão é de aproximadamente 13 mil empregados. No interior do Estado, onde 3,5 mil trabalhadores estão em greve, 235 agências não abriram hoje.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos