Preso no RS suposto chefe do tráfico no Vale do Sinos, acusado de movimentar R$ 1 milhão por mês

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O empresário Carlos Alberto Boll, 49, foi preso na manhã desta sexta-feira (17) no sítio onde mora, no Rincão do Cascalho, interior de Portão (RS), acusado de chefiar o tráfico de drogas no Vale do Sinos. Segundo a polícia, Boll movimentava, mensalmente, 1,5 tonelada de maconha. A informação é da versão online do "Zero Hora".

O empresário foi surpreendido por sete agentes da 3ª Delegacia Regional Metropolitana e não reagiu. Em seu sítio, o traficante mantinha uma revenda de ônibus e caminhões. A atividade serviria para lavar o dinheiro do tráfico, em torno de R$ 1 milhão por mês.

  • Miro de Souza/Agência RBS

    Suposto traficante preso em Portão movimentaria R$ 1 milhão por mês

Conforme investigação da Polícia Civil iniciada em abril do ano passado, a droga vinha de caminhão do Paraguai.

"Essa maconha vinha escondida sob uma carga de milho e era distribuída no Vale do Sinos, Caí e Grande Porto Alegre", revelou o delegado regional João Bancolini.

A polícia pedirá a quebra dos sigilos telefônico e bancário de Boll, e a apreensão de pelo menos três veículos. O traficante presta depoimento e ainda hoje será levado ao Presídio Central, em Porto Alegre.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos