Polícia Federal prende clonadores de cartões em Vitória (ES)

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Policiais federais da Delepat (Delegacia de Repressão a Crimes Patrimoniais), lotados na Superintendência Regional da PF no Espírito Santo, prenderam no início da tarde de domingo (19) dois homens que tentavam clonar cartões de clientes da agência da CEF (Caixa Econômica Federal) do Jardim da Penha, em Vitória (ES).

Um funcionário da CEF descobriu que em um dos terminais de auto-atendimento bancário havia um dispositivo eletrônico instalado clandestinamente e acionou a PF. Ao confirmarem a existência de um aparelho conhecido popularmente como "chupa-cabra" no local, os policiais realizaram uma investigação para identificar e flagrar os suspeitos no momento de coleta do material.

  • Divulgação/PF-ES

    Duas pessoas foram presas acusadas de tentar recolher, por meio de equipamento digital clandestino, dados de cartões de clientes de um banco em Vitória

Foram presos em flagrante pelos crimes de tentativa de estelionato e formação de quadrilha o garçom M. A. L., de 23 anos, natural de Ibiritê (MG), e o cabeleireiro M. D. S., 46, natural de São Raimundo Nonato (PI); residentes em Belo Horizonte (MG) e em São Paulo (SP), respectivamente.

A polícia investiga a participação de outros pessoas nesta quadrilha interestadual. Os policiais já identificaram o mentor intelectual e financeiro do grupo como supostamente sendo A. M. M. N., 26 anos, natural de Contagem (MG).

Operação policial
Após denúncias, a PF descobriu que os três suspeitos chegaram a Vitória (ES) e se hospedaram em um hotel no bairro da Praia do Canto. No sábado (18), o suposto garçom e o cabeleireiro foram até a agência da CEF de Jardim da Penha e instalaram os componentes eletrônicos para captura de senha e dados das contas dos correntistas.

No domingo (19), o golpe foi descoberto e, quando os suspeitos foram recolher o equipamento digital, foram surpreendidos e presos pelos policiais federais.

O terceiro suspeito conseguiu fugir, pois não estava presente no local da ocorrência, mas a PF pretende indiciá-lo no crime. Os agentes federais também investigam a participação de outros integrantes do bando.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos