Centrais sindicais se reúnem com Genro para denunciar violência contra policiais civis

Mariana Jungmann
Repórter da Agência Brasil
Em Brasília

O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, chegou há pouco para reunião com o ministro da Justiça, Tarso Genro, e representantes de outras centrais sindicais. Eles pretendem mostrar ao ministro cápsulas de balas calibre 040 que foram usadas pela Polícia Militar de São Paulo no confronto com a Polícia Civil na última semana.

"Não foi só bala de borracha. É assim que o [José] Serra, governador de São Paulo, trata a Polícia Civil de São Paulo", disse Paulinho ao exibir as cápsulas para a imprensa.

Paulinho disse que a proposta do governo de 6,5% em 2009 e 6,5% em 2010 não agradou os servidores, que esperam a interveniência do ministro para resolver o impasse.

Os policiais reivindicam reajuste salarial de 15% neste ano, 12% no ano que vem e 12% em 2010, além da incorporação das gratificações ao salário e da reestruturação das carreiras.

A paralisação da categoria já dura mais de um mês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos