Mais de 29 milhões de trabalhadores não contribuem para a previdência

Roberta Lopes
Repórter da Agência Brasil
Em Brasília

Mais de 29 milhões de pessoas na faixa de 16 a 59 anos, entre a população que trabalha, estão fora do Regine Geral da Previdência Social. Ou seja, não contribuem para a previdência.

No total, das 82,47 milhões de pessoas que trabalham, 38,89 milhões contribuem para a previdência. Os dados foram divulgados hoje (21) pelo Ministério da Previdência Social, com base nos dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio) 2007, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Entre estes trabalhadores, 15 milhões poderiam estar contribuindo para a previdência. Os dados também mostram que grande parte deste grupo é composto por trabalhadores autônomos (6,87 milhões), seguido dos empregados sem carteira, que representam 6,48 milhões.

O ministério destaca que grande parte dos trabalhadores autônomos e informais ganha entre um e dois salários mínimos, o que representa 50,37% do total de pessoas que poderiam contribuir para a previdência. Destes, 24,21% trabalham no comércio, seguido dos trabalhadores da construção civil, que são 16,47%.

Os dados também mostram que, dos 19,95 milhões de idosos, 16,08 milhões recebem benefícios da previdência. Grande parte dos que recebem benefícios está no Estado do Piauí, seguido do Rio Grande do Norte e de Santa Catarina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos