Mutirão carcerário vai analisar situação de quase 1,5 mil presos no Maranhão

Da Agência Brasil
Em Brasília

Começa hoje (21) no Maranhão um mutirão carcerário para avaliar a situação de 1.472 presos das oito penitenciárias do Estado com sentenças definitivas e com direito a benefícios que eventualmente não tenham sido concedidos por acúmulo de processo.

O mutirão é uma iniciativa do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Os trabalhos serão desenvolvidos por uma equipe de juízes, promotores, defensores, servidores e estagiários na Penitenciária de Pedrinhas, em São Luís, até a próxima sexta-feira (24).

Na quinta-feira (23), haverá audiência pública na capital do Estado (São Luís). Na ocasião, a Corregedoria Nacional de Justiça no CNJ vai colher reclamações e sugestões da população sobre os serviços do Poder Judiciário do Maranhão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos