Hélio Costa lança TV digital no PR e diz que sistema não é "jabuticaba"

Marcus Vinicius Gomes
Especial para o UOL Notícias
Em Curitiba (PR)

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, inaugurou nesta quarta-feira (22) o início das transmissões da TV Digital em Curitiba (PR). A solenidade de assinatura do termo de consignação, que garante a concessão oficial para que as emissoras locais de TV transmitam o sinal digital, foi realizada no auditório da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), responsável também pelos testes da nova tecnologia na capital.

Curitiba é a primeira cidade da região Sul a iniciar as transmissões digitais, como já acontece em São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Goiânia.

Mais notícias do Paraná

Reeleito, prefeito de Curitiba, Beto Richa, nega que irá driblar súmula do STF sobre nepotismo para manter primeira-dama em cargo na prefeitura do município

A assinatura do termo contempla oito emissoras da capital, mas só a RPC (Rede Paranaense de Comunicação) - afiliada da TV Globo no Paraná - inicia as transmissões digitais nesta quarta-feira. As demais ainda não têm data definida para o início das transmissões no novo sinal. O prazo para migração das emissoras do sistema analógico vai até 2018. Após esta data, a digitalização será obrigatória.

O ministro Hélio Costa lembrou que o padrão japonês adotado pelo país para a transmissão do sinal digital não gerou um "sistema jabuticaba" - referindo-se à fruta que só nasce no país. "A tecnologia desenvolvida no Brasil, que tem um pouco do sistema europeu e norte-americano e muito do sistema japonês, vai permitir que o sinal digital chegue a aparelhos móveis como celulares e laptops sem custo nenhum e deve se tornar padrão nos países vizinhos".

Segundo Costa, Argentina, Chile, e Peru já estariam em negociação para adquirir o sistema brasileiro de TV Digital. "A nossa expectativa é que o sistema brasileiro torne-se também o sistema latino-americano".

Testes
Para a implantação da TV Digital na afiliada da TV Globo, em Curitiba, foram realizadas análises que incluíram o monitoramento do sinal digital e sua amplitude de alcance. Uma unidade móvel percorreu 200 pontos na capital, dentro de um raio médio de 20 quilômetros da antena instalada na sede da RPC, medindo o alcance e qualidade do sinal.

O sinal começou a ser transmitido nesta quarta-feira (22), às 19h. Para captar o sinal digital é necessário ter uma antena UHF e um conversor cujo custo mínimo nas lojas é de R$ 200.

Segundo o ministro Hélio Costa, em três anos, cada emissora de TV digital terá capacidade para transmitir simultaneamente outros oito canais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos