Amador pesca peixe híbrido de 34 kg no Mato Grosso

Eduardo Penedo
Especial para o UOL Notícias
De Cuiabá (MT)

O empresário e pescador amador Evaldino Hillesheim, de 51 anos, ganhou, ontem (24/10), um enorme motivo para se vangloriar: capturou um peixe de 34 quilos com 1,10 m durante uma pescaria na Barra do Aricá, a 25 quilômetro de Santo Antonio de Leverger (MT).

O peixe capturado é um tambacu, que é a cruza do peixe Pacu com o Tambaqui.

Hillesheim diz que pesca há mais de 30 anos e nunca tinha pego um peixe tão grande quanto esse. "Eu lutei quase uma hora para tirar o peixe da água. Olha que eu só usei molinete e isca de gafanhoto, mas mesmo assim consegui pegar o peixão", conta.

Evaldino Hillesheim disse à reportagem acreditar que o tambacu "deve ter uns 15 a 18 anos, para ser grande assim". O pescador imagina que o peixe de ter ido para o rio em função de uma cheia que ocorreu no Rio Cuiabá em 1995.

Hillesheim disse que hoje ele iria preparar um banquete com o peixão para 40 pessoas em uma pousada na região.

Segundo pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), o tambacu é um híbrido, cruzamento de pacu com tambaqui. O híbrido foi "criado" há cerca de 30 anos pelo Centro de Pesquisa e Treinamento em Aquicultura (Cepta), para ser criado em tanques de psicultura. É um peixe onívoro - come qualquer tipo de alimento - e não é comum ele ser encontrado nos rios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos