Brasil já tem 1 milhão de "empregos verdes" e ainda pode criar mais, diz OIT

Mariana Jungmann
Da Agência Brasil
Em Brasília

O Brasil tem cerca de 1 milhão de pessoas trabalhando em "empregos verdes" - atividades ambientalmente sustentáveis. Essa é a estimativa do conselheiro principal para desenvolvimento sustentável e mudança climática da OIT (Organização Internacional do Trabalho), Peter Poschen.

Ele participou da elaboração do relatório "Empregos Verdes: Trabalho decente em um mundo sustentável e com baixas emissões de carbono", promovido pela OIT e que fala sobre os novos postos de trabalho gerados a partir do combate mundial contra o aquecimento global.

Crise é oportunidade de investir em "empregos verdes", avalia OIT

Segundo o especialista sênior da OIT em Genebra, Peter Poschen, com a crise financeira, os países deveriam focar seus investimentos na infra-estrutura "verde" do século 21; "Não é uma questão de consciência ambiental e, sim, de cálculos. A inconsciência energética é um desperdício de recursos"

Além dos 500 mil empregos em reciclagem, Poschen estima que existam outros 500 mil em biocombustíveis no Brasil. Mas, segundo ele, o país precisa pensar em criar "empregos verdes" para economizar energia.

"No Brasil há uma situação mista: ele é líder em algumas áreas como biocombustíveis e reciclagem. Mas ainda não há políticas voltadas para a geração de empregos nas construções econômicas, ou na preservação da Amazônia, que trazem um bom retorno econômico", analisa Poschen.

De acordo com o conselheiro da OIT, a energia economizada pelo Brasil com a reciclagem de alumínio seria suficiente para sustentar uma cidade de 1 milhão de habitantes durante um ano.

Contudo, o investimento em lavouras de cana-de-açúcar e em hidrelétricas não vai gerar muitos "empregos verdes", segundo Poschen.

"As hidrelétricas geram muitos empregos enquanto estão sendo construídas, mas depois não precisa de muita gente na manutenção. E a cana-de-açúcar tem mecanizado cada vez mais o corte", avalia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos