Policiais civis do Rio vão parar quarta-feira durante duas horas

Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro

Os agentes da Polícia Civil do Rio de Janeiro vão parar por duas horas quarta-feira (29), seguindo orientação de policiais civis de todo o Brasil. A paralisação é um apoio aos policiais de São Paulo, que já estão em greve desde o dia 16 de setembro. Além disso, o presidente do sindicato dos policiais civis do Rio, Fernando Bandeira, afirmou que, durante o ato, haverá uma assembléia para discutir uma possível greve prolongada.

No Rio de Janeiro, os policiais civis vão parar as atividades das 14h às 16h desta quarta. As delegacias estarão abertas nesse período, mas apenas casos de emergência serão atendidos.

De acordo com Fernando Bandeira, os policiais não estão reivindicando aumento salarial, mas o retorno de uma gratificação, retirada em 2001, que significaria um aumento de 70% sobre o salário.

"O nosso objetivo é retomar as negociações com o governo e também dar um grande apoio aos nossos companheiros de São Paulo, que estão em greve há mais de um mês. Como também São Paulo vive um problema tão grave quanto o Rio de Janeiro, isto é, com efetivo pequeno, salários muitos baixos e condições de trabalho precárias, isso está nos levando a buscar uma unificação do movimento", declarou Fernando Bandeira.

Os policiais civis participaram, na quinta-feira passada (23), de uma passeata dos servidores estaduais até as proximidades da casa do governador Sérgio Cabral. Servidores das áreas de saúde, educação, justiça e segurança caminharam do Arpoador até o Leblon para pedir melhorias salariais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos