Metalúrgicos aceitam proposta patronal e desistem de entrar em greve

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Os metalúrgicos do Grupo 10 da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), que haviam tirado indicativo de greve para esta terça-feira, entraram em acordo com os setores patronais e desistiram da paralisação.

Policiais decidem manter pressão sobre governo

Sindicatos e associações de policiais civis em greve fizeram uma manifestação no centro de São Paulo e decidiram aumentar a pressão sobre o governo

Em nota, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes informou que a greve foi suspensa porque a proposta feita ontem pelo Grupo 10 foi compatível às de outros cinco setores patronais da cetegoria, aceitas pelos metalúrgicos na sexta-feira passada (24).

Até aquele dia, o Grupo 10 ainda não tinha feito nenhuma contra-proposta às reivindicações do sindicato. Por este motivo, os metalúrgicos desse setor decidiram estabelecer o dia de ontem como data-limite para o acordo. Se não houvesse negociação, entrariam em greve hoje.

A proposta feita pelos patrões incluiu 3% de aumento salarial, além da reposição da inflação (INPC) dos últimos 12 meses e renovação dos acordos que protegem os metalúrgicos que sofreram acidentes de trabalho ou adquiriram doenças ligadas à profissão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos