Pai de Eloá tem até o dia 14 para se apresentar à Justiça de Alagoas

Mônica Cavalcante Especial para o UOL Notícias Em Maceió (Alagoas)

Everaldo Pereira dos Santos, o pai da menina Eloá - que foi morta após passar mais de 100 horas seqüestrada pelo ex-namorado, Lindemberg Fernandes Alves, em seu apartamento em Santo André, na Grande São Paulo, tem até o próximo dia 14 para se apresentar à Justiça alagoana.

Polícia de Alagoas investiga se pai de Eloá serrou corpo de ex-mulher ao meio

O ex-cabo é acusado de ter feito parte da chamada "Gangue Fardada" --espécie de esquadrão da morte de Alagoas-- e de participar, entre outros crimes, do assassinato do delegado Ricardo Lessa, irmão do ex-governador do Estado Ronaldo Lessa

O ex-cabo da Polícia Militar de Alagoas é procurado pela polícia de Alagoas acusado do envolvimento na morte do irmão do ex-governador Ronaldo Lessa. A decisão de sua apresentação à Justiça está publicada no Diário Oficial do Estado de Alagoas desta quinta-feira (30). O juiz da 9ª Vara Criminal de Maceió, Geraldo Amorim, determinou também a intimação do ex-cabo Cícero Felizardo, o Cição.

De acordo com o documento, Everaldo tem 15 dias para se apresentar à Justiça alagoana. Ele é acusado por vários crimes, mas essa intimação diz respeito ao crime de homicídio doloso que vitimou o então delegado-geral da Polícia Civil e irmão do ex-governador Ronaldo Lessa, o advogado Ricardo Lessa. O crime aconteceu no final de 1991.

Na época, Lessa investigava os crimes cometidos pela "gangue fardada", facção criminosa formada por militares e comandada pelo ex-tenente-coronel Manoel Francisco Cavalcante, a qual Everaldo fazia parte.

Além de Everaldo e Cícero Felizardo, o edital intima ainda o ex-sargento PM José Carlos de Oliveira, os ex-soldados PM Aderildo Mariz Ferreira, Edgar Romero de Morais Barros e Valdomiro dos Santos Barros, além do policial civil Valmir dos Santos.

Segundo o edital, todos constam como incursos nas penas do art. 121(crime de homicídio), combinado com o art. 29(concurso de pessoa, quando um crime é ocasionado por mais de uma pessoa e cada uma responde pela sua culpabilidade) do Código Penal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos