Justiça condena Banco do Brasil a indenizar cliente em R$ 12 mil por roubo em cofre

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O Banco do Brasil terá de pagar R$ 12 mil de indenização por danos morais à cliente Maria de Lourdes Gomes de Souza, que teve várias jóias roubadas em um cofre locado na Agência-Rio, no Centro do Rio de Janeiro.

O roubo ocorreu em maio de 1999, quando 15 homens armados invadiram o prédio do banco, renderam 16 seguranças e, com maçaricos e marretas, conseguiram abrir um buraco para ter acesso à caixa-forte onde arrombaram 156 cofres da agência. De acordo com a assessoria do Tribunal de Justiça, os criminosos fugiram sem disparar um só tiro.

A condenação partiu do juiz Magno Alves de Assunção, da 28ª Vara Cível da Capital do Rio de Janeiro. Segundo o magistrado, houve falha na prestação de serviço, já que pressupõe-se um sistema rígido de proteção para aqueles que se propõem a trabalhar com locação de cofres.

"A perda de objetos que fazem parte da memória de uma família e da história pessoal de seus membros configura, por si só, dano moral indenizável. Ademais, presume-se que uma pessoa, ao contratar uma locação de cofre, não será para guardar objetos de baixo valor ou deixá-lo vazio", afirmou o juiz na sentença.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos