Polícia prende 30 suspeitos de integrar 'máfia das vans' no Rio

Da Agência JB

Policiais da Delegacia de Repressão a Crimes Organizados (Draco) prenderan trinta suspeitos de integrar a 'máfia das vans' no Rio, São Gonçalo, Niterói, Nilópolis, Macaé e Angra dos Reis.

Vinte e sete presos foram detidos nesta quarta-feira (5), entre eles policiais civis e militares. Um dos chefes do esquema, Márcio de Souza Fernandes, que seria contador da quadrilha, foi preso no Jardim Catarina.

Promotoria pede prisão de motorista que atirou em Arthur Sendas

O Ministério Público do Rio denunciou por homicídio doloso - com intenção de matar - o motorista Roberto Costa Júnior, que atirou contra o empresário Arthur Sendas, morto no dia 19/09


Os outros três já haviam sido presos em outras operações. Entre eles o vereador de são Gonçalo e presidente da Cooperativa de Transportes de Santa Isabel(Coopasa), Edson da Silva Mota, preso em agosto. Segundo a polícia, ele continuava comandando o esquema de dentro da cadeia. Mota é acusado de assassinar o presidente de uma outra cooperativa.

"A máfia atua há 10 anos. Os integrantes são suspeitos de 50 casos de homicídios" disse Claudio Ferraz, delegado da Draco, que comanda a ação.

A operação "Coopercrime" acontece desde a madrugada desta quarta-feira. Foram expedidos 70 mandados de busca e apreensão e 45 de prisão. O objetivo da operação é desarticular uma quadrinha de transporte irregular. Computadores foram apreendidos e a operação ainda está em curso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos