Três pessoas morrem e 11 ficam feridas em perseguição em SP

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizado às 21h50

Três pessoas morreram e outras 11 ficaram feridas na tarde desta sexta-feira (7) durante uma perseguição policial a pelo menos dez homens que tentaram assaltar uma agência do banco Real na rua Capitão Gabriel, em Guarulhos (Grande São Paulo).
  • Mário Ângelo/AE

    Policia Militar cerca o local onde a perseguição terminou


Segundo a Polícia Militar, um policial, um assaltante e um motoqueiro morreram. Outros nove policiais, um carteiro e um estudante foram baleados durante a ação.

A perseguição começou por volta das 14h, quando os policiais abordaram os assaltantes, que estavam fortemente armados. Na saída do banco, o grupo feriu dois policiais - um de raspão na orelha e outro por estilhaços no pescoço e no braço. Também foi atingido o motociclista Leandro Rodrigues Marques, que passava pelo local, e acabou morto.

Separados em dois carros, um dos grupos conseguiu fugir e o outro foi perseguido pela PM até a capital paulista. Cinco viaturas foram atingidas pelos disparos. Os assaltantes abandonaram dois veículos, onde foram encontradas pistolas e um fuzil AR-15.

De acordo com a assessoria de imprensa da polícia, os dois assaltantes perseguidos invadiram uma casa na rua Alberto Pierroti, no bairro do Tremembé, e fizeram reféns. O imóvel foi cercado, houve troca de tiros, segundo a PM, e outro policial foi ferido. O soldado Ailton Tadeu Lamas foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Por volta das 18h, a polícia invadiu o local e, ainda de acordo com a PM, um dos suspeitos foi encontrado morto no local, e o outro foi preso. Ao ser questionada sobre quem teria atirado no suspeito, a assessoria de imprensa da polícia disse que vai investigar o caso. O nome dos suspeitos não foi divulgado.

Os oito policiais feridos não correm risco de morte, apesar de um deles ter sido atingido na cabeça. No Hospital São Luiz Gonzaga foram internados o carteiro, de 48 anos, e o estudante, de 27, ambos baleados próximos à casa onde se esconderam os suspeitos. O carteiro já recebeu alta e o estudante está sob observação.

Além do hospital São Luiz Gonzaga, no Jaçanã, os feridos também foram levados para os hospitais do Mandaqui, da Polícia Militar e o Pronto Socorro de Santana, todos na região da zona norte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos