Itaú e Unibanco não fecharão agências, afirmam sindicatos

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Em reunião realizada nesta segunda-feira (10), representantes dos bancos Itaú e Unibanco afirmaram aos sindicatos dos bancários que a fusão das instituições financeiras não implicará no fechamento de nenhuma agência no país. Participaram do encontro os sindicatos de São Paulo, Osasco e região, de Minas Gerais e do Rio de Janeiro.

O assunto principal foi a manutenção dos empregos e dos direitos dos trabalhadores, além de um processo permanente de negociação entre as partes. "Queremos um compromisso formal de que não haverá demissões", afirma Luiz Claudio Marcolino, presidente do sindicado de São Paulo.

Marcolino classificou a reunião de hoje como positiva "porque os bancos têm interesse no processo de negociação". "Nos anos 90, as negociações eram unilaterais e hoje há conversa com os sindicalistas", diz.

Até sexta-feira (14), uma nova reunião deverá ser agendada para discutir os demais processos da fusão. Os diretores dos sindicatos afirmam que esperam para a próxima reunião a assinatura de um documento formal pela manutenção das agências e empregos. "Não há sentido fazer uma nova reunião se não for para avançarmos nesse assunto", diz Marcolino.

* Com informações da Agência Brasil

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos