Lobão nega que projetos de usinas tenham sido supensos em função da crise

Daniel Lima
Da Agência Brasil
Em Brasília (DF)

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, negou hoje que projetos de 47 usinas de álcool tenham sido cancelados em função da crise. Para ele, houve apenas adiamento.

"As pessoas querem informações mais concretas sobre a crise. Do ponto de vista do governo, que aplica no PAC [Programa de Aceleração do Crescimento], não haverá nenhum corte e nenhum atraso".

O ministro lembrou que o orçamento do PAC é de meio trilhão de reais, "o que será muito dinheiro injetado na economia sem atraso". Lobão participa em Brasília de encontro promovido pelo TCU (Tribunal de Contas da União) para discutir a oferta e a demanda de energia.

Durante os dois dias de debate serão abordados temas como a energia nuclear e o meio ambiente, a produção de biocombustíveis e os riscos de desabastecimento.

Usina de Jirau
É possível que amanhã o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) emita uma licença provisória para a construção da Usina Hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, segundo informou hoje (11) Edison Lobão. "Quanto ao local, é uma questão que fica a cargo da Aneel [Agência Nacional de Energia Elétrica], que se manifestou e do Ibama".

Sobre a possibilidade de o período de chuvas atrasar o início das obras, Lobão admitiu que os prazos estão encurtando, mas lembrou que há um compromisso do consórcio vencedor de trabalhar 24 horas ininterruptas, em três turnos diários, exatamente para a aproveitar a janela hidrológica (período de seca).

Ele destacou que serão usado equipamentos especiais para que os operários possam trabalhar em segurança.

A mudança da localização da Usina Hidrelétrica de Jirau, 9,2 quilômetros distante do ponto inicialmente previsto nos estudos de impacto ambiental, como querem os construtores, não está garantida, segundo Lobão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos