SP registra pior trânsito em seis meses; índice é recorde desde restrição a caminhões

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizado às 20h38

O trânsito ficou congestionado em São Paulo no final da tarde desta sexta-feira (14). Às 19h01, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) registrou 228 km de lentidão ou 27,3% das vias monitoradas da cidade. É o maior índice desde o recorde histórico registrado em 9 de maio, com 266 km de filas.

O índice de hoje é recorde desde a implantação da restrição de circulação de caminhões nas ruas da cidade, que aconteceu no final de junho. O trânsito, entretanto, já começou a melhorar e às 20h30 marcava 99 km de lentidão.

Os principais pontos de estrangulamento estão na marginal Tietê: são quase 14 km de filas na pista expressa sentido rodovia Ayrton Senna, entre a ponte dos Remédios e a rua Azurita. Já na via local, no mesmo sentido, são pouco mais de 6 km de lentidão entre a ponte Nova Fepasa e a Júlio de Mesquita Neto. A avenida dos Bandeirantes, sentido marginal, registra quase 6 km da Aliomar Baleeiro até a praça Carananduba.

Segundo a CET, o trânsito ficou complicado por diversos fatores. Três caminhões quebraram e chegaram a interditar parte da marginal Tietê em três pontos diferentes: na altura da ponte Cruzeiro do Sul, perto da ponte dos Remédios e outro na ponte Freguesia do Ó. Todos já foram retirados da pista, mas causaram lentidão no tráfego.

Além dos acidentes, a CET aponta também a saída para o feriado da Proclamação da República e o excesso de veículos nas ruas como causas da lentidão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos