Deputado acusado de liderar grupo de milícia renuncia ao mandato no Rio

Vladimir Platonow
Da Agência Brasil
No Rio de Janeiro (RJ)

O deputado Natalino Guimarães (sem partido) entregou hoje (18) à tarde carta de renúncia ao seu mandato. O documento foi levado pelo advogado Roberto Vitagliano ao presidente da Alerj (Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro), deputado Jorge Picciani (PMDB).

A decisão será publicada amanhã (19) no Diário Oficial. No lugar de Natalino assume o suplente João Pedro (DEM). A suplência aberta será ocupada por Rafael de Freitas (DEM).

Natalino está preso, junto com seu irmão, o vereador Jerônimo Guimarães, na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande (MS). Eles são acusados de liderar um grupo de milícia conhecido como Liga da Justiça.

O grupo, segundo a polícia, controlaria clandestinamente diversos serviços na zona oeste do Rio, desde a venda de gás até a segurança privada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos