Brasil adere a acordo de sustentabilidade na bacia do Prata

DO UOL Notícias
Em São Paulo

O Ministério do Meio Ambiente assinou nesta segunda-feira (24) a adesão do Brasil a um acordo de sustentabilidade ambiental na bacia do Prata que pretende difundir conhecimentos científicos e tradicionais sobre a sustentabilidade. A adesão foi assinada pelo ministro Carlos Minc durante o Fórum de Águas das Américas, que começou ontem em Foz do Iguaçu (PR).

O projeto chamado de Centro de Saberes e Cuidados Socioambientais da Bacia do Prata foi criado em 2006 pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), Comitê Intergovernamental Coordenador dos Países da Bacia do Prata (CIC), Itaipu Binacional e da Fundação Parque Tecnológico Itaipu.

Fórum das Águas

Minc pede que governos envolvam sociedade na gestão da água



O objetivo é formular ações sustentáveis de educação regional, focando principalmente a questão da água na sociedade civil, a fim de criar hábitos de consumo consciente. Segundo o ministério, o Brasil contribuirá com ajuda financeira e fará acordos técnico-científicos com outros países.

Dos cinco países que formam a bacia do Prata - Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai -, apenas os governos do Paraguai e da Bolívia haviam formalizado a adesão. A bacia, formada por dez rios, tem 27 grandes represas com capacidade superior a 100 megawatts de energia cada uma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos