Segundo feriado mais violento nas rodovias federais do Rio deixa 10 mortos e 58 feridos

Flávia Villela
Repórter da Agência Brasil
No Rio de Janeiro

A Polícia Rodoviária Federal registrou 137 acidentes, com 10 mortes e 58 feridos, nas rodovias federais do Rio de Janeiro durante o feriado da Consciência Negra -o segundo mais violento nas estradas federais do Rio, atrás apenas do Carnaval.

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal do Rio de Janeiro, Ande Luiz Azevedo, afirma que os números da Operação Zumbi são alarmantes. "Essa operação foi uma das mais violentas do ano. Nós só perdemos para o carnaval, quando foram registradas onze mortes nas rodovias federais do do Rio de Janeiro. A imprudência do motorista foi fator determinante para o aumento da estatística."

A operação contou com 800 policias, distribuídos ao longo de 1.700 quilômetros de rodovia. Foram feitas mais de duas mil autuações de trânsito.

Diante dos altos níveis de acidentes com morte, os agentes irão reforçar os cuidados no próximo verão, que, segundo Azevedo, será o grande desafio do ano. "Vamos focar nos principais corredores de saída das cidades e pontos críticos durante o verão para garantir a fluidez e visibilidade das rodovias e evitar a falta de atenção e tantas infrações de trânsito", comentou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos