Turistas atacados por traficantes no Rio de Janeiro antecipam volta para Noruega

Da Agência JB

Os turistas noruegueses que erraram o caminho e foram atacados por traficantes na favela Nova Holanda, em Bonsucesso, Rio de Janeiro, devem terminar as férias mais cedo. Segundo o consulado da Noruega, os três adiantaram a passagem marcada para sexta-feira, dia 28, e pretendem voltar para Noruega ainda nesta segunda-feira.

Triguve Tveit, 24 anos, Andry Olav e Odomund Kristoffer Myke Le Bust, ambos de 21, voltavam de Búzios, na Região dos Lagos, e seguiam para Copacabana, na Zona Sul, onde estão hospedados. Depois de atravessar a Ponte Rio-Niterói, eles se perderam na Avenida Brasil e acabaram entrando no conjunto de favelas da Maré, quando os traficantes atiraram no carro.

O motorista foi baleado no ombro. O pára-brisas e a lataria do veículo foram perfurados pelas balas e os três conseguiram deixar a favela com a ajuda de moradores.

As vítimas estavam num Prisma alugado e, no momento do ataque, seguiam para o Aeroporto Tom Jobim, onde entregariam o veículo. Segundo policiais do 22º BPM (Maré), os turistas foram confundidos por criminosos.

Na noite de sábado, os três prestaram depoimento na Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat), no Leblon. Em depoimento, Triguve disse que entrou na favela por causa de uma orientação errada do GPS do veículo. Segundo ele, moradores da comunidade prestaram socorro e chamaram a PM, que conseguiu recuperar os pertences das vítimas.

Durante todo o domingo, os turistas não saíram do hotel. Apenas no início da noite, os noruegueses foram na recepção pedir ajuda para comprar remédios. Os três estão no Brasil há quase duas semanas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos